Site de namoro católico já levou varios casais para o altar

Você está solteiro, solteira aguardando o tão esperado “José”, “Maria” que Deus tem para a sua vida? O site http://namorocatolico.com.br/promete servir de “cupido” e ajudar você a se unir a pessoa que você tem descrito para Deus.

O site é um canal com vocação matrimonial, para aqueles que querem formar famílias santas, que vivam a fé católica e sejam luzes para a sociedade.Criado em 2009, já uniu mais de cinco famílias e tem hoje mais de 20 casais namorando.
É o caso de Vinícius e Araceli que se conheceram pelo perfil da página.
“Conheci uma pessoa muito especial neste site. Iniciamos um namoro em março de 2010. Ficamos noivos em novembro de 2010. E agora estamos aguardando a data do nosso casamento que será 11/06/2011. Agradeço a vocês pela iniciativa e pela postura adotada. Pois, somente assim, pude encontrar alguém com os mesmos propósitos e pensamentos que o meu. Fico torcendo, para que mais casais possam se conhecer, usando esse site como instrumento e assim formar famílias católicas perseverantes na fé”, escreveu Araceli em depoimento na página.
Os namorados Josi e Eduardo, que também se conheceram no site, testemunham.
“Venho aqui para testemunhar que o nosso namoro começou graças ao site Namoro Católico. Apesar de já ser cadastrada há meses e sem que tivesse uma conversa muito significativa com nenhum rapaz, eis que um belo domingo de maio de 2012, o Eduardo me convidou para uma conversa e assim o assunto foi surgindo e algo em nós foi despertado. Mas as dificuldades já se apresentaram a nós e o medo de enfrentar um relacionamento à distância, impediram que mantivéssemos um contato mais estreito e assim decidimos não ir em frente na amizade. Todavia, a sementinha já havia sido lançada em nós e Deus nos queria juntos. Começamos a conversar pelo MSN e também nas orações e assim decidimos nos conhecer pessoalmente na Canção Nova. Então no dia 16/11/2012, fui pedida em namoro no Santuário Nossa Senhora Aparecida”, escreveu Josi em depoimento no blog do site.
O objetivo do site, segundo um dos criadores, é ser uma ponte entre católicos solteiros que tenham vocação matrimonial, “e assim ajudar na formação de famílias verdadeiramente católicas, que transformem a sociedade para Deus”.

Há sites que utilizam a palavra católico para atrair as pessoas, mas, segundo ele, não estão comprometidos de fato com a fé católica. “Nosso site vem como uma opção para aqueles que procuram um site verdadeiramente católico, obediente à santa Igreja Católica”, garantiu. Os criadores apontam também as dificuldades para a manutenção financeira do site, que vem, sobretudo, pelo valor cobrado das pessoa cadastradas no serviço. “Muitas pessoas, por se tratar de um site católico, acham que não deveríamos cobrar pelo seu uso. É como se houvesse uma ideia de que o Vaticano enviasse um cheque mensal para suprir com as necessidades de toda obra católica”, ironizou. E acrescentou ainda: “A internet é um meio de comunicação lícito e serve como mais uma opção para conhecer pessoas. Vale ressaltar que o namoro sempre se estenderá a vivência próxima, tendo sempre a reta intenção, os valores e a doutrina da nossa amada Igreja”.
Como funciona
O cadastro no site é gratuito, mas para ter acesso livre e se corresponder com as pessoas cadastradas é preciso pagar uma única taxa, que segundo a fundadora, é acessível e sem mensalidades. Ao se cadastrar o usuário terá um perfil com fotos, descrição da personalidade e vida espiritual, e outras informações para que outros possam lhe conhecer.
Ao visitar um perfil, o usuário poderá entrar em contato enviando uma mensagem em privado (como um email), marcar o perfil como um de seus favoritos, enviar um presente virtual, fazer anotações, pedir em amizade e fazer comentários. Também há um sistema  de chat e periodicamente o site abre uma sala para bate-papo entre todos.

link do site:  http://namorocatolico.com.br/

Retirado de FrontCatólico

About The Author

Criado em 2017, o site Filhos de Deus busca manter o católico informado sobre a maior instituição de caridade do mundo. Colunista e editor do site desde a sua criação.