A lição que o Papa Francisco recebeu da sua mãe e nunca esqueceu…

Na Audiência Geral desta quarta-feira, o Papa Francisco meditou sobre a educação dos filhos e recordou um episódio da sua infância no qual recebeu uma importante lição de sua mãe.

O Santo Padre comentou: “Quando estava na quarta série do ensino fundamental, eu disse um palavrão à professora e ela sendo uma boa mulher, chamou a minha mãe. Ela foi ao colégio no dia seguinte, conversaram entre elas e depois me chamaram”.

“Minha mamãe diante da professora me explicou que o que eu tinha feito era algo mau, que não deveria ter feito e minha mãe com muita delicadeza me disse para pedir perdão à professora. Eu lhe pedi desculpas e depois fiquei contente porque pensei: ‘a história terminou bem’. “Mas isso era somente o primeiro capítulo! Quando voltei para minha casa, começou o segundo capítulo… E então vocês podem imaginar o que aconteceu”.

“Hoje em dia – afirmou o Santo Padre – se a professora fizer algo deste tipo, no dia seguinte terá que desculpar-se com os pais porque os ‘peritos em educação´ dizem que as crianças não podem ser corregidas desta forma”.

“As coisas mudaram! Por este motivo, os pais não devem autoexilar-se na educação dos filhos”, destacou o Pontífice.

Em setembro de 2014, o Papa Francisco compartilhou esta historinha pela primeira vez quando recebeu os participantes de um evento sobre educação no Vaticano.

Nessa ocasião o Papa Francisco explicou: “É necessário mais disciplina para a educação das crianças e o âmbito familiar e educativo precisam recuperar a relação e trabalhar unidos. Não podemos deixar as crianças sozinhas, não podemos deixá-las na rua, desprotegidos, à disposição de um mundo que adora o dinheiro, a violência e a rejeição”.

Retirado de ACI Digital

About The Author

Criado em 2017, o site Filhos de Deus busca manter o católico informado sobre a maior instituição de caridade do mundo. Colunista e editor do site desde a sua criação.